Noémia de Sousa

Carolina Noémia Abranches de Sousa, NOÉMIA DE SOUSA (1926-2002), a “Mãe dos poetas moçambicanos”, nasceu em 1926, em Catembe, litoral sul de Moçambique, e faleceu em 2002, em Cascais, Portugal. Por sua influência nas gerações de poetas de Moçambique, ficou conhecida como “Mãe dos poetas moçambicanos”. É autora de densa obra poética, que representa a resistência da mulher africana. Seu único livro, Sangue negro, é composto por 46 poemas, escritos entre 1948 e 1951.