Zainne Lima

Além de poeta e prosadora, Zainne atua como professora do Ensino Básico, arte-educadora, pesquisadora, revisora e roteirista. Escreve para as páginas Zênite, pessoal, e para a do coletivo Entre Irmãs, ambas do facebook. Participante de movimentos sociais, é uma das cofundadoras do coletivo Flores de Baobá, de escritoras negras, e também do coletivo Fora da Garrafa, de arte-educação. (Fonte: Literafro) Em 2018, publicou "Pequenas ficções de memória" (crônicas-contos), e, em 2020, "Pedra sobre pedra" (poesia).