Morada

Catita

“Os versos de Catita são negros, suas palavras, pretas e belas. Belas como a chuva que umedece cabelos crespos, que exaltam carapinhas, que evidenciam as tranças desenhadas por mãos retintas, que nos lembram que baobás não tombam com o vento; que pretos velhos nos rodeiam amorosamente e celebram kalunga!”. (Trecho do posfácio, de Maria Shu.)

Ficha Técnica

Editora:Feminas
Páginas:128
Gênero:Poesia
Categorias:1. Literatura brasileira. 2. Poesia. 3. Racismo. 4. Homoafetividade. 5. Negritude.
Edição:
Lançamento:2019
ISBN:978-85-54867-02-7
Estado de conservação:Novo